5 Atividades recomendadas pela Neurociência, para ajudar o teu filho a desenvolver o cérebro

Sabias que, com simples atividades caseiras e em família, podes contribuir para o desenvolvimento do cérebro do teu filho?

Hoje deixo-te cinco atividades que podes realizar em família e que podem trazer grandes benefícios para o desenvolvimento do teu filho, para a sua concentração e ainda contribuir para o bem-estar de toda a família. 

1. A importância da respiração 

Muitas vezes o stress e a ansiedade fazem com que a nossa respiração seja pouco profunda. Treinarmos uma respiração correta, fazendo ciclos de respiração profunda todos os dias favorece a oxigenação do cérebro. 

O treino da respiração contribui ainda para o controlo da ansiedade e para o bem-estar geral, sendo também uma ótima ferramenta de gestão emocional. 

2. Exercícios de coordenação 

Treinar a coordenação entre o cérebro e o corpo é uma ótima forma de promover o desenvolvimento do cérebro. 

Podes, por exemplo, experimentar fazer tarefas do dia a dia com a mão não dominante, ou seja, se és destro, podes escovar os dentes com a mão esquerda e assim estimularás o cérebro. 

Outro ótimo exercício de treino da coordenação é tocar no pé esquerdo com a mão direita e tocar no pé direito com a mão esquerda. Assim, todo o cérebro estará envolvido no processo, contribuindo para o desenvolvimento global do cérebro. 

3. Jogos de memória e concentração

Os jogos de memória e concentração são momentos muito divertidos em família e podem contribuir decisivamente para um ótimo funcionamento do cérebro, bem como para a promoção da concentração e atenção. 

Podes usar os tradicionais jogos de memória e jogos de tabuleiro ou mesmo aproveitar um passeio na natureza. Enquanto passeias, podem combinar procurar ouvir o máximo de sons (pássaros, vento nas árvores, carros ao longe, um sino de uma igreja,…) ou observar objetos de uma determinada cor.  

4. Aprender algo novo 

Aprender é essencial para o desenvolvimento do cérebro e todas as atividades são válidas. Pode ser aprender uma língua estrangeira, aprender a tocar um instrumento musical ou iniciar um desporto novo. 

Aprender algo novo aumenta a atividade cerebral, logo promove o seu desenvolvimento. Desta forma podemos ativar a neurogénese (criação de novos neurónios) e a neuroplasticidade (criação de novas ligações neuronais).  

5. Falar sobre o dia

Este exercício quando feito com regularidade, em família e de forma natural pode ter vários benefícios. Ao partilharmos num espaço seguro tudo o que nos aconteceu de bom, podemos treinar a gratidão e exercitar a empatia e reforçar a ligação emocional entre todos. Devemos também partilhar o que não correu tão bem, para que possamos aceitar que nem tudo na vida é fácil e em família poderão ser discutidas soluções para o desafio enfrentado, reforçando mais uma vez os laços familiares e desenvolvendo também estratégias de resolução de problemas.  

Não esqueças que estes exercícios são benéficos para pessoas de todas as idades, por isso também serão úteis para ti.  

Podes ler mais sobre este assunto nos links seguintes:

https://www.sabado.pt/vida/detalhe/aprender-a-treinar-o-cerebro/

Outros artigos

Ace

Quando é que falar alemão é uma mais-valia?

Falar alemão pode ser uma competência inestimável em muitas, muitas circunstâncias pessoais e profissionais, para além de te dar acesso a uma cultura muito rica e diversa e ser porta de entrada para muitas universidades e instituições científicas de renome.

Ver
dislexia

Vamos falar sobre Dislexia

O que é a dislexia? A dislexia é uma dificuldade de aprendizagem específica caracterizada por dificuldades no reconhecimento preciso e/ ou fluente de palavras e

Ver

Fale Connosco