Comunicação Escola-Família

A comunicação entre a Escola e a Família é essencial para que os professores possam conhecer o teu filho, a sua história e as suas necessidades de forma a ajustar as estratégias, as atividades e o diálogo com ele. 

Para que esta comunicação seja bem-sucedida, deixamos alguns aspetos que deves considerar nesta relação tão significativa. 

Respeita os limites da relação Família-Escola

Sempre que possível, contacta o professor pelo meio que ele te indicou.

Alguns professores preferem ser contactados por email, outros por SMS e outros através do telefone da escola. Respeitar essa indicação é meio caminho andado para manter uma relação cordial. 

Se o professor disponibilizar o seu número pessoal, evita ligar ou enviar SMS à noite e fins de semana, a não ser que se trate de uma emergência. 

Pede informações sobre o horário

Pergunta à professora/ diretora de turma tudo o que não percebes acerca do horário, quer das aulas, quer dos intervalos, bem como a hora a que podes deixar o filho na escola de manhã e a que horas o deves ir buscar à tarde.

Procura saber o que são todas as disciplinas ou áreas curriculares, pois é claro que as designações nos horários nem sempre são claras.

É importante que saibas o que o teu filho faz na escola para conseguires acompanhar o seu percurso e poderes ajudá-lo e contribuir para o seu sucesso e felicidade. 

Fala do progresso do teu filho no passado

Informa os professores do progresso do teu filho nos anos anteriores, mencionando os seus pontos fracos e os seus pontos fortes e os aspetos que achas que devem merecer mais atenção. 

Esta informação é essencial para que os professores possam adequar a sua intervenção, para que o teu filho seja respeitado e as suas necessidades atendidas. 

E se algo correr mal?

Caso exista algum problema, de ordem disciplinar ou outro, como será a comunicação na escola e com a família? Que medidas poderão ser implementadas? Como serão resolvidos os conflitos entre alunos, e entre alunos e professores? 

Dá a conhecer o teu filho

É muito, muito importante que dês a conhecer as características específicas do teu filho. Se o teu filho é disléxico, se tem défice de atenção ou qualquer outra dificuldade de aprendizagem, deves informar os professores e certificar-te que ele está a usufruir das condições necessárias para que tenha sucesso. 

Se os teu filho está a viver momentos de ansiedade ou outras dificuldades de gestão emocional, informa a escola para que os professores possam entender os seus comportamentos e contribuir para a saúde emocional do teu filho.

Pede ajuda se existir qualquer questão a preocupar o teu filho (um familiar doente, problemas com um amigo, um familiar que está no estrangeiro, dificuldades económicas, conflitos na família,…), pois este aspeto irá influenciar o seu comportamento e desempenho na escola. 

Mantém a comunicação 

Ao longo do ano letivo vai comunicando com a regularidade que achares pertinente com os professores, comunicando alterações relevantes e informando acerca do que está a correr bem e do que está a correr menos bem. 

Reconhece o trabalho dos professores

Sempre que apropriado, reconhece o trabalho fantástico que os professores fazem. Todos sabemos que não é uma tarefa fácil, que é exigente a muitos níveis e terá neles um impacto positivo receberam palavras de apoio e incentivo. 

Outros artigos

aulas de inglês

O Daniel e a oralidade

O Daniel trabalha na área tecnológica e procurou-nos há uns meses, porque sentia que o seu desempenho profissional e a sua evolução pessoal e profissional

Ver

Fale Connosco