Sabes o que é a Orientação Vocacional?

Todos os anos muitos jovens se veem confrontados com a necessidade de ter que tomar decisões no que respeita à escolha da área do ensino secundário ou relativamente ao curso ou profissão a seguir depois. Estas são decisões difíceis, vistas como tendo grande impacto nos seus futuros e percursos pessoais e profissionais. Por isso, são muitas vezes vivenciadas com ansiedade, insegurança, frustração e medo de falhar.

Como tomar a decisão da área ou curso a escolher:

 Conhece-te a ti próprio, reflectindo sobre o que gostas de fazer, o que aprendes com mais facilidade e imagina o teu futuro.

Pesquisa online as profissões relacionadas com a tua reflexão e os cursos necessários para as atingir.

Procura definir o que consideras como vantagens e desvantagens para cada uma das profissões seleccionadas.

Conversa com os adultos sobre as profissões que reflectiste, conhecendo o percurso daqueles que têm essas profissões, o seu dia-a-dia, as condições de trabalho e actividades principais.

 Se precisares, pede ajuda e faz a tua orientação vocacional.

O que é a Orientação Vocacional:

Sendo esta uma tarefa tão complexa, o jovem não tem que fazer todo este trabalho sozinho. Neste âmbito, recorrer a um apoio especializado de Orientação Vocacional pode ajudar a construir um projecto de vida que favoreça a identidade pessoal dos jovens, com uma maior autonomia e segurança nesta tomada de decisão.

​A Orientação Vocacional procura precisamente atender às preocupações e inseguranças dos jovens em relação à área de estudos ou curso a escolher e a determinar o seu futuro percurso académico e profissional. Neste serviço, apoiamos os jovens e suas famílias na orientação do seu percurso académico e no esclarecimento de dúvidas de forma a evitar escolhas desajustadas.

O que podes esperar:

Em conjunto com um psicólogo, e de forma individualizada, o jovem poderá refletir sobre si próprio e o mundo que o rodeia, associando os seus valores, interesses, competências e oportunidades de formação e trabalho. Para tal, nas sessões de Orientação Vocacional são propostas várias actividades que visam:

Autoconhecimento. Conhecer-te melhor a ti próprio e ao mundo que te rodeia;

Competências. Aumentar a perceção das tuas competências pessoais que podem estar a interferir na escolha da área a seguir e desenvolver competências psicológicas;

Ferramentas. Adquirir recursos para construir de forma autónoma e confiante o teu percurso vocacional e profissional;

Informações. Obter informações sobre áreas e cursos, explorando as opções e as oportunidades existentes mais ajustadas ao teu perfil;

Aptidões. Desenvolver competências que poderão ser necessárias ou uma mais-valia para a inserção no mercado de trabalho.

Quanto tempo dura:

Tendo em conta que o processo de Orientação Vocacional se ajusta a cada jovem, a sua duração não é fixa e sempre igual. Por norma, tem uma duração compreendida entre 6 a 8 sessões de 45 a 60 minutos cada.

A quem se destina:

Tendo em conta que é no final do 9º anode escolaridade que o jovem tem de escolher a área de continuidade dos seus estudos e que é após o 12º ano que precisa de optar por um percurso académico ou profissional, estas sessões dirigem-se:

Jovens do 9º e 12º anos que necessitem de apoio nos processos de escolha, bem como os seus encarregados de educação.

Jovens adultos que necessitem de repensar nos seus percursos académicos ou profissionais e de descobrir novas oportunidades.

Por fim, realçamos que, nesta fase, o jovem não opta somente pelo percurso formativo ou por uma actividade de trabalho, mas também por um estilo de vida, decidindo acima de tudo o que quer ser. É natural que surjam dúvidas, conflitos e ansiedade, que caso se deixem arrastar muito tempo, poderão traduzir-se na necessidade de consulta psicológica.

Sandra Margarida Santos

Psicóloga Clínica

Outros artigos

Ace

Quando é que falar alemão é uma mais-valia?

Falar alemão pode ser uma competência inestimável em muitas, muitas circunstâncias pessoais e profissionais, para além de te dar acesso a uma cultura muito rica e diversa e ser porta de entrada para muitas universidades e instituições científicas de renome.

Ver
motivação

O que mudou na Saber Interactivo com a pandemia?

Tudo mudou, porque deixámos de ouvir as vozes de alunos e professores a ecoar nas salas e corredores, parou subitamente o corropio de entradas e saídas, a animação da sala de espera e as conversas animadas dos nossos meninos.

Ver

Fale Connosco